Roberto Bolaño, dos Anjos e Immanuel Kant: um percurso literário

Caio Yurgel

Resumo


Resumo: busca-se, aqui, suscitar uma discussão sobre literatura, filosofia e artes visuais. Por meio do entrelaçamento desses percursos críticos, propõe-se demonstrar como o escritor Roberto Bolãno questiona os limites e as estruturas do mundo e de sua representação. É a partir dessa encruzilhada que o escritor situa a busca de um sentido tanto para o discurso literário quanto para seu próprio fazer artístico.
Palavras-chave: Bolaño. Kant. Dos Anjos. Artes visuais. Literatura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v6i1.5677

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2